Para acelerar o amadurecimento da banana colocá-a em um saco plástico ou papel junto com uma maça... Continue lendo!!!

Saudáveis, nutritivas e saborosas, são um dos melhores lanches naturais. Boas fontes de potássio, mineral que contribui para a função muscular adequada, as bananas são também fonte razoável de vitaminas B6, C e folato. A fruta deve ser colhida ainda verde. Amadurece em poucos dias à temperatura ambiente, e esse processo pode ser acelerado colocando a fruta em um saco de plástico ou papel junto com uma maçã.

Utilidades Medicinais

Anemia - A banana não é relativamente, muito rica em ferro, mas tendo em vista sua boa aceitação, que facilita um consumo liberal, 3 a 5 unidades podem contribuir aproximadamente com 20 a 30% da quantidade de ferro requerida para um dia.
Asma - Assar a muda pequena da bananeira maçã, com raiz e tudo, cortada em rodelas. Depois espremer para obter o caldo, misturar com mel de abelha e tomar diariamente um cálice.
Broncopneumonia - Xarope com nódoa (seiva) da bananeira. Fazer um corte no tronco da bananeira e aparar a seiva com um copo. Para cada 50 ml, adicionar 1 00 ml de leite de vaca e 4 colheres de mel de abelhas. Levar ao fogo e misturar enquanto ferve. Tomar ainda quente 50 ml, 2 vezes ao dia. Assar bananas de qualquer espécie e fazer refeições exclusivas com as bananas ainda quentes.
Colite (enterite, retite) - Fazendo-se três refeições ao dia, pode-se realizar da seguinte maneira "a cura de banana": 1º dia→ 2 bananas em cada refeição, 2º dia→ 3 bananas em cada refeição, 3º dia→ 4 bananas em cada refeição, 4º dia→ 5 bananas em cada refeição, durante mais 15 dias consecutivos→ 5 bananas em cada refeição, 20º dia→ 4 bananas em cada refeição, 21º dia→ 3 bananas em cada refeição, 22º dia→ 2 bananas em cada refeição. Ou fazer algumas refeições de banana-prata madura, sem misturar com outro alimento. Pode-se, eventualmente, usar banana com iogurte natural, em refeição exclusiva.
Desnutrição - A banana pode ser incluída no programa alimentar de convalescentes de desnutrição, haja visto que é alimento rico em calorias e vitaminas. Seria vantajoso incluí-la na merenda escolar.
Diarréias (disenterias) - Tomar o caldo do cozimento da banana-maça verde. Pode-se também usar a banana-prata quase madura amassada, sem misturar com outro alimento. Algumas colheres de chá, da seiva de bananeira (uso interno), são também indicadas.
Doença celíaca (hidropisia, insônia) - Pode-se fazer "a cura de banana" a receita estar em colite.
Doenças do estômago - Recomenda-se a banana-prata cozida, utilizada esporadicamente na alimentação, como refeição, sem misturar com outro alimento.
Doenças dos rins (hidropisia, nefrite) - Fazer esporadicamente, algumas refeições exclusivas de banana.
Feridas agudas (chagas, machucaduras) - "Recentemente, quando de férias, escorreguei nas pedras e esfolei seriamente a perna e a munheca. Por acaso eu tinha uma banana comigo, e coloquei a parte interna da casca, atando-a, diretamente em contato com as feridas, e continuei andando. Quando cheguei ao hotel, algumas horas depois, notei que as partes machucadas estavam limpas e sadias. Não houve inflamação e o processo de cura foi o mais rápido que já experimentei. Posso, com confiança, falar da banana como tendo aplicação externa nos casos de inflamações, queimaduras, escaldaduras, inchações, feridas simples, chagas e neuralgias. Basta usar a casca fresca, sadia, e aplicar a superfície interna à parte afetada. Ata-se na posição devida, mas não se aperta, e remova-se a cada duas ou três horas", diz o Dr. Eric F. W. Powell. Aplicar nódoa da bananeira diretamente sobre a ferida, deve estar limpa. Observar os cuidados de assepsia.
Gota (doenças do fígado) - Fazer freqüentemente refeições exclusivas de banana, sem misturar com outro alimento.
Hemorróidas - Aplicar compressas locais com a seiva da bananeira.
Icterícia - Fazer um corte no caule da bananeira-maça, a mais ou menos um metro, e abrir uma cavidade capaz de conter um frasco, que ali se introduz para se recolher cheio no dia seguinte. Tomar à noite três goles durante três dias.
Inflamações em geral (contusões, queimadura) : Aplicar localmente a casca da banana (fresca, parte interna) em compressas. Renovar a cada duas horas.
Nefrite - Diluir a seiva da bananeira em água (três colheres de sopa da seiva para cada 100 ml de água); tomar duas ou três xícaras por dia.
Neuralgia - Fazer compressas locais com a casca da banana (parte de dentro). Renovar a cada três horas.
Obesidade - Os obesos não devem abusar da banana. É preciso usá-la com regra. Algumas refeições esporádicas exclusivas de banana prata.( 1 ou 2 unidades pequenas são indicáveis).
Paralisia - As doenças neurológicas que levam a paralisias são às vezes tratáveis com vitaminas do complexo B. A banana, como fonte dessas vitaminas é adequada nesses casos como elemento dietético.
Pleurisia - Assar bananas e mel de abelhas. Comer ainda quente.
Pneumonia - Comer a banana ligeiramente assada, exalando seu aroma (qualquer espécie de banana). Cozinhar bananas em água. Tomar o caldo do cozimento e comê-las mornas.
Poliomielite - Além do tratamento médico, indispensável, pode-se fazer "a cura de banana" a receita estar em colite, que deve ser profissionalmente indicada. Pode-se acrescentar banana à dieta.
Prisão de ventre - Recomenda-se a banana-nanica (ou banana d'água ou banana caturra). Fazer, em jejum, uma refeição, com esta banana, crua, sem misturar com outros alimentos. Pode-se fazer "a cura de banana" a receita estar em colite.
Queimaduras - Compressa local de argila com polpa de babosa e/ou bananas assadas (frias). Substituirá cada 10 minutos.
Úlceras - Aplicar-se, com algodão, a seiva da bananeira localmente. Observar cuidados de assepsia.

0 comentários:

Postar um comentário